BananinhaAzul porque um dia perguntei a cor de uma banana á minha filha e ela respondeu azul. Embora também pudesse ter este nome porque a cor azul é repetidamente relacionada com Autismo.
Com este blog passo a fazer uma das coisas que mais gosto de fazer que é escrever e escrevo sobre uma temática em que realmente tenho alguma coisa para dizer... Goste!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Reforço Positivo

O facto de a Bruna cuspir os remédios todos e eu últimamente resolver a situação com chocolates, dá o mote para o post de hoje.
É o chamado reforço positivo, uma ótima estratégia para uma melhor comunicação com crianças não só autistas, mas especialmente... É usado portanto para elogiar quando a criança tem o comportamento pretendido. É também uma boa forma de fazer a criança abandonar um mau comportamento.
Para chegarmos a determinado comportamento desejado nós pais podemos reagir com uma abordagem positiva ou negativa.
A abordagem positiva é por exemplo: ignorarmos determinado comportamento ( algo que sou completamente fantástica a fazer principalemente quando os comportamentos da Bruna são de desafio, ultimamente até eu me espanto com o meu auto- controlo). Ignorar pode ser uma boa medida em algumas situações mas noutras não, por exemplo não podemos aceitar comportamentos que provoquem riscos para eles e para outros.
Há depois o reforço negativo , que é por exemplo a hipótese de proibir a criança de comer algo que ela goste muito, é portanto retirar um estimulo positivo para ela.
É comum haver um certo engano quanto ao que é o reforço negativo e punição, como já referi o reforço negativo é retirar um estimulo, enquanto que, punição é um estimulo que reduz a probabilidade do mau comportamento.





O reforço positivo é utilizado em vários métodos educativos, o mais óbvio é o método ABA, mas não pode nunca ser substituto de actividades apropriadas a cada criança.
A Bruna é uma menina que precisa de muito reforço positivo pelo que qualquer coisas que ela faça bem, eu começo logo: " Muito bem" , "A Bruna é linda e sabe..." por aí.
As recompensas que devem ser usadas são a atenção, o encorajamento eo elogio que é o ideal por ser muito forte e estimulante é a aprovação das suas atitudes pelos pais.
Existem outras formas de recompensar a criança: abraços, beijos ,caricias ou ainda actividades que são do interesse da criança. Os doçes vêm em ultimo lugar é uma recompensa que não deve ser muito usada. Eu uso os chocolates para dar os remédios á Bruna porque já esgotei todas as possibilidades, temo agora esta estratégia que não considero muito boa e tenho que a substituir rápidamente por outra melhor. Até lá lá se vão os chocolates que o avô lhe trouxe da Suiça, vai ser uma razia...
Enfim termino com pequenos conselhos: na aplicação destes métodos seja constante, paciente e consistente, determine qual o comportamento a trabalhar e seja objectivo nas suas ordens e que sejam simples...




 

Sem comentários:

Enviar um comentário