BananinhaAzul porque um dia perguntei a cor de uma banana á minha filha e ela respondeu azul. Embora também pudesse ter este nome porque a cor azul é repetidamente relacionada com Autismo.
Com este blog passo a fazer uma das coisas que mais gosto de fazer que é escrever e escrevo sobre uma temática em que realmente tenho alguma coisa para dizer... Goste!

quarta-feira, 8 de maio de 2013

A E I O U... é tão fácil aprender a lêr...

Quando sonhava em ser mãe, pensava sempre nas coisas que queria ensinar. E quis a vida, que eu fosse mãe de uma criança com necessidades educativas especiais, pelo que para ensinar qualquer coisa que seja, tem que ser de uma forma muito especial. É um verdadeiro desafio!

A Bruna já está quase a fazer 8 anos e eu acho que está na hora de ela aprender a lêr. Embora a professora me tenha dito que é muito cedo, eu decidi, aliás foi minha decisão de Ano Novo, ensinar a Bruna a lêr e pus mãos ao trabalho. Logo no Natal, uma das minhas prendas para ela foi um jogo multimédia com o abecedário e nas primeiras semanas do ano, encomendei num site conhecido um abecedário constítuido por letras maíusculas com cores vivas e magnéticas, que coloquei na porta do frigorífico.
Ora o jogo multimédia não fez lá muito sucesso, mas o magnético tem estado a ser muito útil, tanto, que já sabe as letras vogais e o X, (nem o facto de poucas palavras falar foi impeditivo, eu peço-lhe as letras e ela dá-me e não precisa falar, só idêntificar).
Era minha intenção, que depois de a Bruna saber as vogais, eu passá-se para as diferentes sílabas, mas felizmente encontrei a mãe de um menino autista, que me falou no Método das 28 Palavras, método esse que me contou estar a começar a usar com o filho, e também com o técnico de ABA.

Nunca eu tendo ouvido falar, fui investigar por conta própria.
E é o seguinte, este método baseia-se na aprendizagem feita através de situações concretas, nomeadamente imagens, de 28 palavras. A primeira palavra que é ensinada é a palavra menina e é suposto que se arranje a figura de uma menina e que se desenhe por baixo a palavra em maiusculas e manuscritas. Depois é suposto ensinar a palavra menino e mostrar as diferenças entre as duas (o A e o O). Em seguida deve-se separar as silabas das palavras e faz-se o mesmo com as restantes palavras, ao mesmo tempo que se vai introduzindo pequenas palavras novas.
Este método diz que a aprendizagem faz-se pela palavra num todo, não letra e letra. E quando se mostra a figura com a palavra não se deve fazer referência a sílabas ou letras, mas sim apenas à palavra.
Na minha pesquisa encontrei vários blogues interessantes sobre o método, inclusivamente com fichas de trabalho, de todos destaco o blog : http://salinhadeestudo-turma1a.blogspot.pt/ .

Quando falei com a professsora ao telefone e lhe disse que a Bruna já sabe as vogais, ela respondeu-me " ahhhhh não me diga! ", pois, digo digo . A professora também me disse que me vai enviar as cópias do método para eu tirar fotocópias, pelo que vai ser bastante útil. E eu estou a pensar em comprar um quadro branco para pôr a Bruna a desenhar, por exemplo uma menina e depois eu escrevo a palavra, por baixo até ela aprender...

A escolha de um bom método de ensino é fundamental e eu espero conseguir bons resultados com este.
Para mim ensinar a Bruna a ler o quanto antes, é muito importante , porque através da leitura adquire-se conhecimento. Há até um médico português, o Dr. Miguel Palha, que diz que  algumas crianças, com o diagnóstico de Essence, para aprenderem a falar, devem primeiro, aprender a ler.












 

4 comentários:

  1. oi,
    Muitas crianças com autismo pensam com imagens, tipo memória fotográfica, por isso realmente esse método (de mostrar a palavra completa) deve surtir muito mais efeito!

    bjs

    ResponderEliminar
  2. Acho que é algo que posso "brincar" com a minha pequena,não que tenha pressa mas sempre é mais uma coisa para fazermos juntas. Ela já sabe as vogais,identifica-as em todo o lado e não tem de ser por ordem,se vê alguma diz simplesmente qual é. O engraçado é que eu comprei as letras do abecedário maiúsculas e com íman que estão no frigorífico por isso só falta ter as imagens!!! Obrigado pela ideia

    ResponderEliminar
  3. Olá, querida professora Edite
    Fiquei muito contente com a sua visita no meu blog e com a oportunidade de ser sua seguidora, neste lindo espaço. Tenho certeza de que aprenderei muito por aqui.
    Parabéns!!!
    Luz, paz e serenidade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma pequena ressalva, eu não sou professora, sou apenas uma mãe de uma criança com PEA e como tal pesquiso muito sobre o assunto e compartilho aqui o que acho interessante...
      Seja Benvinda :)

      Eliminar