BananinhaAzul porque um dia perguntei a cor de uma banana á minha filha e ela respondeu azul. Embora também pudesse ter este nome porque a cor azul é repetidamente relacionada com Autismo.
Com este blog passo a fazer uma das coisas que mais gosto de fazer que é escrever e escrevo sobre uma temática em que realmente tenho alguma coisa para dizer... Goste!

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Detox em 3...2...1...

Pois é tendo em conta as coisas que tenho andado a ler últimamente, as pessoas em geral e pessoas autistas em particular, deveriam fazer uma desintoxicação ao organismo..
Como vimos nos ultimos dois posts, aqui e aqui, o organismo está, todos os dias, a ser contaminado por diversos tóxicos, e de diversas formas.
Estes tóxicos espalham-se por todos os orgãos, artérias, etc.. contribuindo para agravar do estado de saúde.
 Para sermos mais saudáveis deveremos promover formas de nos desintoxicar.
Foi sobre isso, que andei a ler este fim de semana, para  tentar aos poucos e poucos, reequilibrar o orgsnismo da princesa.
E percebi que há várias formas de o fazer:

  • Evitar alimentos processados industrialmente. Evitar refeições rápidas, que são ricas em sal, produtos químicos, aditivos, conservantes, adoçantes e corantes. Lembrar que os alimentos processados são transformados em açucares pelo nosso organismo e têm calorias vazias.... Lá se vão os Hamburgueres que a Bruna tanto gosta...
  • Evitar açúcares refinados, cafeína, álcool, tabaco ou drogas.
  • Incorporar probióticos na sua dieta. Os próbioticos contribuem para uma flora intestinal saudável. Pode ler sobre este assunto aqui.
  • Dieta rica em fibras e vitaminas. Deve ingerir regularmente frutas e vegetais crus e diminuir nas gorduras.
  • Reduzir o estresse e praticar exercicio físico. Um estilo de vida saudável promove um sistema imunitário forte, contribuindo para uma eliminação mais eficaz de toxinas do organismo.
  • Dieta rica em ervas, sementes e frutos secos. Para limpar o cólon, estes alimentos eliminam parasitas e vermes. Contém enzimas digestivas, probióticos (bactérias benéficas) que stimulam o fígado, vesícula e intestinos. Ex: sementes de linho ou de olmo. As sementes de linho absorvem água ao expandir-se no cólon, permitindo que as toxinas sejam removidos, além de contribuir para os níveis do bom colesterol.
  • Jejuar com água, sucos de frutas e vegetais crus. Quando feito com supervisão e por cerca de um dia, pode ser um óptimo processo de limpesa do intestino, assim como de todo o tracto digestivo. A prática recorrente de uma dieta vegetariana também ajuda no processo de desentoxicação do organismo.
  • Argila de BentoniteA bentonite é um tipo de argila comestível que actua como um laxante, absorvendo a água e absorver as toxinas para as expulsar do intestino e ajuda no processo de limpeza do cólon.
  • Alho. O alho tem propriedades eficazes e reconhecidas no combate a lombrigas (Ascaris), tênias e solitárias. Pode ser consumido em forma de cápsulas e comprimidos, ou preferencialmente, na sua forma natural em dentes de alho consumidos inteiros, ou misturados com outros alimentos.
  • Sementes de abóbora. As sememntes de abóbora têm sido tradicionalmente usadas como um remédio para vermes e parasitas intestinais. Herbalistas recomendam o consumo frequente destas semementes.
  • Sementes de extrato de toranja. O extrato de semente de toranja é geralmente encontrado na sua forma líquida, em lojas de alimentos naturais. Embora a investigação preliminar sugira que tem propriedades antimicrobianas, há ainda poucas pesquisas sobre a sua real eficácia com parasitas.
  • Abacaxi. Uma dieta rica em abacaxi pode ajudar a eliminar certos parasitas, como sejam os vermes.
  • Cenouras, batata doce e abóbora. Estes alimentos são ricos em beta-caroteno, um precursor da vitamina A. A vitamina A aumenta a resistência à penetração de larvas. A vitamina C e o zinco também auxiliam o sistema imunológico.
  • Cravo. O cravo é uma especiaria que tem propriedades reconhecidas no combate a parasitas.
( Fonte: Blog Autismo)


Existem mais formas de desintoxicar, mas eu só procurei as formas naturais. Existem aparelhos que funcionam com a ionização e ainda outras formas de desintoxicar, mas isto é ao que me proponho para já... aos poucos e poucos vou fazendo pequenas alterações, que poderão dar resultado ou não...
Aconselho a aconselhar-se com um profissional sobre o assunto, eu não sou profissional sou apenas uma mãe à procura de informação. Não estou em posição de dar grandes informações sobre o assunto, mas, sinto que posso partilhar as informações que obtenho, e estas foram mais algumas que encontrei.
Agora, vou pôr em prática algumas destas dicas e logo vos digo o que acho ;)



 

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

"White Frog"

No meu serão de terça-feira estive a ver este filme. É um bom filme e a mensagem principal é a que somos todos diferente, e devemo-nos aceitar uns aos outros com todas as diferenças que possamos ter. Sinceramente não o acho um filme espectacular, mas as criticas que encontrei são boas, pelo que acho que o posso sugerir...

"
“White Frog” conta a história de uma família obcecada com a ideia de parecer perfeita. O único “problema” aparente dos Young é o filho mais novo, Nick, que nasceu com Síndrome de Asperger, uma espécie de autismo, que faz com que a pessoa tenha dificuldades para se socializar. Quando o filho mais velho, Chaz, morre em um acidente, a família cai em pedaços. Nick, muito ligado a ele, precisa então juntar as peças. O longa é estrelado por Booboo Stewart (Nick), o Seith de “Crepúsculo”, Harry Shum (o Mike Chang de “Glee”), interpretando Chaz, um personagem que esconde durante a vida toda que é gay, e Tyler Posey (Doug), de “Teen Wolf”."
Pode assistir ao filme no site Filmes Online Grátis.

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Tóxicos out...

Como o prometido é devido, hoje vou falar um pouco dos problemas de toxicidade. Se é seguidor deste blog já o sabe, desde o ultimo post, em que o anunciei assim como às dicas que vou dar aprendidas no Tele Summit deste ano, organizado pela Meir Autism, uma associação israelita.
Mas antes deixe-me só relembrá-lo ( se viu o video que lhe indiquei no ultimo post sabe), que está comprovada a alteração que ocorre em genes humanos após exposição a tóxicos. Não restam dúvidas, há um risco real de contrair problemas de saúde se se estiver em contacto com tudo o que é "lixo"... Não é à toa que as vacinas foram e são tantas vezes apontadas, como causadores de Autismo. Porque continham mercurio, e o mercurio é altamente contaminante, é um metal pesado. Mas de entre esta classe que eu acabei de criar o "lixo" existem muitos, muitos, muitos contaminantes. São tantos que suponho que ninguém os conheçe a todos... Mas são os mais comuns, os conservantes, aditivos, antibióticos, agró-tóxicos, que contaminam tudo por onde passam, é como um ciclo. Os agró-tóxicos servem para curar as plantações, que servem para nos alimentarmos, ou alimentar o gado, que serve para nos alimentar a nós. Penetram na terra e daí infiltram-se nos lençóis freáticos e nos cursos de água, circulam no ar... é a chamada roda viva, que não para...

Desde o ventre das nossas mães começamos, logo, a ser expostos a tóxicos e o problema é que os bébés não têm o sistema de desintoxificação completamente estruturado de forma a transformá-los, neutralizá-los e eliminá-los, pelo que, há uma acumulação e daí à intoxicação crónica é um pulinho...

A menos que, pusermos os nossos filhos em redomas, ou enviá-los para um sítio longínquo como o Zimbabwe, estão mesmo expostos a químicos, fizermos nós o que fizermos...

Eu penso que o melhor que temos a fazer é começar a criar um ambiente saudável, e nada como começar pela nossa casa...
Comecemos pela:

Cozinha

  • Não tem lógica fazermos comida saudável em panelas e tachos que não o são, deite fora o alumínio e o teflon, ( o alumínio quente deixa pequenas partículas na comida, o teflon risca-se facilmente e liberta também, particular para a comida). Boas opções serão, o vidro, o ferro e a cerâmica.
  • O plástico, longe da nossa porta de preferência. Nunca reserve comida quente em plásticos, utilize o vidro, sacos de papel ou o metal ( como está frio não há problema).
  • A maioria dos alimentos que compramos vêm embrulhados num material, que é o PVC, evite.
  • Garrafas de bebida para crianças. Tem que saber se tem Biphenol -A, este material conhecido também por BPA parte-se até 55 vezes, em pequenas partículas. A boa notícia é que parece que já é raro encontrar esta substância nos recipientes, pelo sim pelo não, o vidro é uma boa opção.
Micro ondas

Quem não utiliza o micro ondas, hoje em dia?

Os micro ondas emitem radiação perigosa,produzindo carcinógenos e "matam" os nutrientes nos alimentos ( já foi  mostrado que 97% da vitamina C dos brócolos é perdida, quando cozinhada em micro ondas). O leite materno nunca deve ser aquecido num aparelho destes, os amino-ácidos são deixados biologicamente inactivos.

biotransformar, neutralizar e eliminar
Observe as diferenças nestas plantas regadas, uma com água que já tinha sido aquecida no micro ondas e outra com uma água natural... Veja aqui o artigo sobre a experiência...

Se continuar a usar o micro ondas tenha em conta que Nunca, deve usar plásticos no micro ondas, nunca mesmo.
 
Na cozinha tenha ainda especial atenção aos detergentes que utiliza, se for observar os rótulos vai ver que a constituição são químicos, atrás de químicos..
 
 
 
 
Casa de Banho
 
Se quiser um cocktail de químicos é aqui que pode encontrar. O que podemos encontrar na casa de banho? Shampoo, Condicionador, Sabonetes, Gel Duche, Lacas para o Cabelo, Espumas, Desodorizantes, Cremes de Corpo, Makeup... Até a pasta de dentes... Quer mais???
Procure produtos naturais, eles existem!
 
Produtos de Limpeza
 
Outro cocktail de químicos, o que puder evitar evite, há produtos naturais, algumas coisas podem ser lavadas com vinagre e bicarbonato de sódio.
Os cheirinhos para casa, serão talvez dos piores tóxicos libertados no ar, já que ficam confinados a um espaço, o spray liberta particular microscópicas que são rapidamente inaladas para os pulmões e depois para a corrente sanguínea. 
Abrir as janelas muitas vezes é o ideal, mas se quer mesmo dar um cheirinho especial pode apanhar folhas de eucalipto ou deixar ferver em água quente cascas de limão...
 
 
 
A minha dica

Uma boa sugestão para aproveitar garrafinhas de plástico que tenha por casa...










 
Gostou das ideias???
Esta é a minha dica, tenho uma horta biológica cá em casa, mas é pequenina estamos longe de ser auto-suficientes. No entanto este verão já comi umas boas saladas, com alfaces e pimentos apanhados cá no quintal. Não usei pesticida, adubei a terra com borras de café e as plantas cresceram bem bonitasPara quem mora no campo é uma boa hipótese, para se ver livre de alguns agro-químicos, para quem mora na cidade é mais complicado, mas pode fazer mini-horta na varanda, utilizando hortas verticais.Deixo-lhe aqui uma imagem para ilustrar o que estou a dizer. Ando à procura de uma que consiga fazer cá em casa para aproveitar algum espaço...
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 

 

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Um Documentário a Não Perder...

Bom dia, boa tarde ou boa noite, conforme o sítio de onde lê este blog e conforme a hora...
Hoje mal dormi, tal não foi a ânsia de vir escrever este post. Madrugada a dentro estive a assistir um documentário da BBC, quanto a mim muito bem feito, sobre autismo. Pode assistir no Blog Poder dos Pais, que foi através dele que também assisti. É de resto um blog que sigo, com alguma curiosidade e interesse.
Este documentário fala sobretudo, em como a toxicidade ambiental pode estar na base do autismo, o uso de antibióticos e químicos e como eles podem pôr em causa uma boa flora intestinal. Foram ouvidos vários especialistas de várias áreas de trabalho e todos os que foram ouvidos, defendem de facto, a possibilidade dos problemas gastro-intestinais poderem estar relacionados com o Autismo.
Na realidade, pode dizer que esta repostagem não foi ouvir aqueles que defendem que os problemas citados nada têm a ver com o problema, mas foi apenas uma questão de metodologia que os jornalistas seguiram. Vamos dar a importância que um documentário tem, afinal não é um estudo ciêntifico...

A teoria dos problemas gastro-intestinais relacionados com autismo, já não é nova para mim, não foi esta noite que descobri a pólvora, mas fiquei muito mais ciente dos factos. Sou até seguidora de alguns grupos no Facebook, cujo tema principal são tratamentos relacionados com o intestino, como é o caso do grupo Dieta sem Glúten sem Caseína e sem Soja- Portugal criado por uma nutricionista portuguesa, especializada no Prótocolo Dan ( Defeat Autism Now). Tratamento do Autismo ,moderado, por uma nutricionista brasileira especialista, também, em nutrição funcional. Depois temos o Autismo Esperança Brasil, criado por uma mãe que fala em vários tratamentos naturais, incluindo o Tratamento Biomédico, a Dieta e outros...

No documentário é apresentada a história de um menino autista e como a sua mãe, conseguiu através dos registos médicos, criar um paralelismo entre a toma de antibióticos pela criança e a regressão que apresentou. Esta mãe, sabendo que o uso de antibióticos altera a flora intestinal procurou ajuda de vários médicos, até que um especialista a ajudou. Durante 8 semanas foi administrado um antibiótico específico contra determinado fungo, que se terá multiplicado no intestino de forma exagerada. Durante essas 8 semanas, a criança apresentou ganhos a vários níveis e a mãe pensou que seria a cura. No entanto ao final das 8 semanas, quando o menino deixou de tomar o medicamento os sintomas de autismo voltaram e ele voltou a regredir, ( o que se deve aos esporos que o fungo deixou no sistema).
Esta situação do uso de antibióticos, fez-me lembrar uma notícia, que saiu no ínicio deste ano, que com o uso de Suramina investigadores conseguiram reverter sinais de autismo em ratinhos de laboratório. A Suramina é um fármaco utilizado para tratar infecções por parasitas.

Esta história passou-se há 10 anos atrás e até agora, poucos conheçimentos existem sobre esta hipótese, na realidade existem poucos estudos ciêntificos que comprovem esta relação, pelo que a comunidade médica não é receptiva a esta hipótese ( O porquê dos estudos ciêntificos não serem, muitas vezes, levados em conta pela comunidade médica, é um post que estou a preparar com a ajuda de um especialista da área da investigação).                                               


Sendo que uma pessoa não pode estar constantemente a fazer uso de antibióticos, esta mãe utiliza hoje em dia Probióticos e Prebióticos. Na semana passada escrevi sobre este assunto neste post. A verdade é que esta mãe conseguiu muito bons resultados, a criança, hoje em dia adolescente, é  autónoma.

No fundo, deste documentário destaco a importãncia de :

  • Uma alimentação o mais saudável possivel, com a mior eliminação possivel de corantes e conservantes e tóxicos, de uma maneira geral, ( no próximo post dou umas dicas sobre este assunto, são dicas que aprendi num Webinar da Meir Autism, uma associação israelita, no principio deste ano, e penso que não lhe dei a real importância, na altura).
  • O uso de Prebióticos, Próbióticos ou Simbióticos
  • O uso de alimentos fermentados, numa dieta saudável.
  • A restrição de Ácido Propiónico, na alimentação ( tarefa muito complicada)
  • A Dieta sem Gluten e sem Lactose ( ainda não estou totalmente convencida, acho que só me convenço se os testes de intolerância vierem positivos).

Ou seja, tudo o que a maioria dos médicos pareçem estar a rejeitar, é aquilo que aqui é dito, que leva ao autismo. Mas com tastos profissionais de áreas diferentes a afirmarem existir uma relação, será que não há mesmo??? Fica a questão em aberto...

 

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

" Paraiso Oceânico"

E sugestão de hoje, está na minha lista de Filmes a Assistir... "Ocean Heaven" ou " Paraiso Oceânico" li boas criticas sobre ele e por o que dizem, é de levar as lágrimas aos olhos...  Tenho a certeza que vou gostar de ver, porque a história espelha uma das minhas maiores preocupações... O que vai aconteçer com a minha filha, quando eu partir? Penso, que é de resto uma das grandes preocupações de pais especiais...





"A história do amor incansável de um pai pelo seu filho autista. Uma pessoa em cada mil nasce com autismo. Como consequência, a China tem 1 milhão de pacientes autistas. Dafu é um deles: parece distraído, repete o que as pessoas lhe dizem, nada com maestria, mantém tudo em casa em lugares determinados e talvez não esteja totalmente ciente da morte de sua mãe, ocorrida há alguns anos. Trabalhando em um aquário, Sam Wong mostra extremo cuidado e carinho com seu filho de 22 anos. Com a generosa ajuda de seus vizinhos, os dois vivem prosperamente. Porém, Wong compreende muito bem que um dia deixará o mundo e seu filho ficará sozinho. O que ele ainda não descobriu é que esse dia pode estar mais perto do que imagina."


Hoje não deixo link para o filme, mas, se for ao Google e procurar pelo nome vai encontrar como ver concerteza... 

Bom filme e Bom Fim de Semana...





quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Tolerância Zero...

Bom hoje apeteçe-me escrever sobre a tolerãncia zero, ( aqui há uns anos foi o nome de uma cãmpanha rodoviária, mas não é esse o caso)... ou intolerância..


Significado de Intolerância


s.f. Característica do que é intolerante ou repugnância.
Ausência de tolerância ou falta de compreensão.
Comportamento - atitude odiosa e agressiva - de caráter político ou religioso, daqueles que possuem diferentes opiniões.
Intransigência a diferentes opiniões.

Bom. na realidade uma mãe de uma criança autista, não era suposto ser intolerante, mas devo confessar que sou um bocadinho. Com situações estupidas que se colocam no nosso caminho, por pessoas muitas vezes mal informadas, para não lhes chamar estupidas...
Ou seja, sou intolerante com os intolerantes. Será que isto existe? Pereceberam, pelo menos?
 
Deixo aqui duas situações intoleráveis:
 
No Atl da minha filha diziam-me que estava a correr tudo bem, todos os dias eu perguntava e a resposta era sempre a mesma. Até que um belo dia me chamaram a uma reunião e me perguntaram se a minha intenção era que a Bruna continuasse lá, visto que as coisas não estavam a correr bem... O quê??? Fiquei eu a pensar, esta gente está a gozar comigo, então todos os dias me dizem que está tudo ok e agora de repente dizem que afinal não?! Bom começarmos a conversar e eu perguntei, mas afinal quantos meninos vão estar na mesma sala?
- 20!
- Isso é muito para uma sala com uma criança autista! - Disse eu
- Não, não é! Disseram elas...
- Desculpe mas é...
Continuáram a teimar...
 Ok, já me estava a passar, virei costas e pus-me a andar... deixei-as a falar sózinhas...
 
Não é que me orgulhe, mas realmente, não me agrada nada certas coisas.
 
Outra situação:
Li num grupo brasileiro a mãe de um menino queixar-se que á hora das refeições deixávam o menino sózinho na sala a ver a Galinha Pintadinha e iam dar comer aos outros meninos.
Mas isto admite-se??? Estamos a lidar com uma criança, ou com um animal??
Realmente vão-me desculpar, mas às vezes apeteçe-me ser mais estupida ainda e dar uns tabefes para aí...
 

Já com outro tipo de situações, estou muito mais tolerante... Isto aconteçe convosco? Ou é só comigo???
 

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Prebióticos e Probióticos ou Simbióticos

Ainda na senda do post anterior, a sugestão que dei na sexta feira, volto hoje a falar na saúde do intestino e nas hipóteses que se colocam sobre a possibilidade de problemas gastro-intestinais estarem relacionados com o Autismo e até com muitas outros problemas de saúde, incluindo relacionados com o peso...
O intestino com uma flora desiquilibrada, com poucas bactérias protectoras, fica vulnerável a fungos e bactérias ruins que produzem toxinas desencadeadoras de inflamações nas células. Só os fungos despejam cerca de 80 toxinas diferentes, por dia, no organismo. E isto aconteçe porque na maioria dos casos de um inestino com problemas, existe aquilo a que se chama Permeabilidade Intestinal, que é na realidade o facto da parede do instestino estar tão danificada e fina que deixa passar para a corrente sanguinea tudo o que não deveria deixar passar, nomeadamente as ditas toxinas.

Tenho andado a ler várias coisas sobre este assunto e li sobre o uso de Prebióticos e Probióticos ou simbióticos.
Sabe o que são? Passo a citar do site www.anutricionista.com

Prebióticos
"Os prebióticos são fibras não digerríveis, mas que fermentam em nossos intestino e estimulam o crescimento das bacterias probióticas.
Alem de melhorar o funcionamento do intestino e diminuir os riscos de infecções, os prebióticos também podem diminuir a absorvição de gorduras pelo intestino, diminuindo assim o colesterol total e aumentar a aborvição de minerais como cálcio, ferro, zinco e magnésio.
As fibras prebióticas mais comuns são:
- a inulina, encontrada no almeirão, chicória, trigo, cebola, alho e alho poró;
- a pectina, encontrada em frutas cítricas, maças, cenoura, farelo de aveia, soja, lentilha e ervilha;
- e os chamados Frutooligossácarideos (FOS). Estes só podem ser encontrados em quantidades significativas se manipulados."


Probióticos
"Os chamados probióticos são microorganismos vivos da nossa flora intestinal normal, ou seja, são as bacterias presentes normalmente no nosso intestino, com a função de auxiliar o funcionamento do intestino e nos proteger de bacterias que possam nos fazer mal. Os objetivos dos alimentos enriquecidos com probióticos são auxiliar na proliferação dessas bacterias para regular o trânsito intestinal e nos proteger de possíveis infecções.
Os probióticos são muito usados em iogurtes e leites fermentados, os mais conhecidos são os chamados Lactobacilos."


Simbióticos
"O termo simbiótico é dado a produtos que associam os prebóticos com os probióticos afim de intensificar os efeitos dos dois componentes.
Lembre-se
Os pre e probióticos também podem ser utilizados em casos de diarréia e em tratamentos com antibióticos para manter o intestino do individuo saudavel.
O uso dessas substâncias devem sempre estar associadas a uma alimentação saudável. Para a saúde do intestino devemos consumir uma dieta rica em fibras, portanto sempre como muitas frutas, verduras, grãos integrais, aveias, etc."

Bom se o seu uso não fizer bem, mal também não faz, não é? Estou a ponderar dar à Bruna para tomar e estou a pensar em tomar também...
 

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

"O Cérebro Desconhecido" Hélion Póvoa

  A sugestão de hoje é o livro " O Cérebro Desconhecido" Do Dr. Hélion Póvoa.
Eu ainda não li, mas foi-me sugerido, por uma mãe especial, que me disse que é muito bom e esclarecedor, pelo que fiquei bastante curiosa. Como toda a gente sabe há teorias quue relacionam Autismo com problemas intestinais, e era sobre isso que conversava com a mãe Carla Dessibourg, quando ela me falou deste livro. Obrigada Carla, pela dica...



Eis, o que encontrei sobre o livro na internet, " Teorias científicas acreditam que o homem, durante o seu longo processo de evolução, desenvolveu dois cérebros - um na cabeça (que lhe permitia encontrar meios de sobrevivência e garantir a reprodução da espécie) e o intestino, que ficaria responsável pelos processos vitais de digerir e absorver alimentos. Neste livro, o Dr. Hélion Póvoa ensina, como o sistema gástrico afeta nossas emoções, regula nossa imunidade e funciona como um órgão inteligente."

E mais isto :

" Se você está procurando uma fonte de felicidade e de saúde, experimente cuidar mais atentamente de seu sistema gastrintestinal. Pois é, o intestino - no qual prestamos a máxima atenção somente quando cuidamos de bebês - produz nada menos que 90 % da substância responsável pela nossa sensação de bem- estar, a serotonina. E como não há felicidade sem saúde, o intestino concentra, também, 80% do potencial de imunidade do corpo humano, além de ser grande produtor de hormônio de crescimento, um verdadeiro coringa no combate aos sintomas do envelhecimento.
Neste livro, Dr. Helion Póvoa revela as incríveis potencialidades terapêuticas desse órgão, cuja importância vem sendo resgatada pelos médicos, nas últimas décadas.
Desde o século 19, o intestino é reconhecido como órgão autônomo, capaz de executar funções independentemente de estar conectado ao sistema nervoso central. É o intestino que seleciona, entre o que comemos, o que é ou não útil. Alguns fatores, porém, como uso de antibióticos, podem tornar a mucosa intestinal mais permeável, absorvendo elementos prejudiciais à saúde, como os radicais livres. O sistema gastrintestinal é o local onde mais se produz radicais livres - até porque tudo o que comemos vai parar neste órgão. Alergias, diabetes, câncer e doenças cardiovasculares também estão associados a perturbações na dinâmica das enzimas, hormônios e neurotransmissores que atuam no sistema gastrintestinal. Se algo vai mal com o intestino - como uma prisão de ventre -, as chances de efeitos colaterais são grandes."


Está curiosa??? Eu estou !!!

 

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Peregrinação a Santiago de Compostela...



 


Um pedido especial, é o que vai a minha irmâ, fazer a Santiago de Compostela.
Parte no sábado de comboio, para o Porto e depois para Valença. Vai fazer a pé os 116 kms d´o Caminho.
Fazer " O Caminho" é de resto por si só, um dos objectivos dos peregrinos, dizem que é uma viagem espiritual.
Eu adoraria fazer esta viagem, mas acompanhada, a minha irmâ quer ir sózinha.


Foi buscar a credencial a Lisboa à Associação Espaço Jacobeus. Para quem não sabe, a credencial permite o acesso aos albergues oficiais do caminho e comprova à chegada a Santiago que a pessoa percorreu o caminho a pé.
Durante o percurso devem ser recolhidos carimbos dos albergues onde se pernoita e de outros locais também...

Leva uma concha de vieira, que é um sómbolo dos peregrinos, leva também força de vontade.


Quando chegar à Catedral, 4 dias depois da partida, um dos rituais que vai fazer é colocar a mão aos pés de David, ( uma das figuras que faz parte da árvore genealógica de Cristo) e pedir um desejo.
A Carla vai pedir pela Bruna e a ela fico muito grata.
Ao que pareçe há um local para pôr a mão direita, fazer uma oração, para fazer então o pedido.

Ela quer ir ainda assistir à Missa do Peregrino e esperar pelo " Botafumeiro" que é o incensário.
Segundo o que li, pesa 80 kgs e mede 1.60 mt de altura. Para o fazer baloiçar ao longo da igreja, é necessária a força de vários homens.


Bom a mim resta-me pedir para que tudo lhe corra bem nesta viagem-aventura, agradeçer e desejar
- Boa viagem tia-madrinha...










 

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

" Vamos Pintar um Mundo para Todos"


" Vamos Pintar um Mundo para Todos" é o nome de uma inicíativa muito especial, que vai decorrer em Setubal no próximo dia 21.
Com a participação de muitos ilustres da nossa praça, de vários quadrantes da sociedade, o evento é na realidade um grito pela inclusão de crianças, jovens e adultos autistas.
A APPDA Setubal, com a colaboração da Câmara Municipal de Setubal e muitas outras instituições da sociedade civil levam a cabo esta inicíativa, porque consideram que:


  • Em Portugal, ainda existem muitas barreiras à inclusão
  • O preconceito e o estigma ainda não foram eliminados na sua totalidade
  • Os estudos ciêntificos em Portugal, apontam para uma desigualdade de oportunidades em relação às pessoas com deficiência em geral e autismo em particular
  • Porque esta desigualdade traduz-se em custos acrescidos ( financeiros e sociais) para as pessoas com autismo e suas famílias
  • Porque... é só uma questão de direitos humanos


Ao longo do dia vai haver muita animação na rua, nomeadamente, música ( os Anjos vão actuar, muito bom ), teatro, dança, apresentações desportivas, etc...
Vão ser pintadas telas a várias mãos... mãos adultas e mãos de crianças... crianças com autismo e sem autismo, mostrando desta forma que um quadro, como o mundo, pode e deve ser pintado por pessoas com mais ou menos funcionalidade ou incapacidade.

Se quer deixar a sua marca, pode assinar a tela por trás e mostrar o seu empenho em que a sociedade seja plena de igualdade para todos.

Levante-se por esta causa!
Vai perder esta oportunidade de mostrar o seu apoio na inclusão e ganhar novos amigos?


Ficou curioso de saber quais as personalidades que vão estar presentes?
Passe na página do Vamos Pintar Um Mundo Para Todos, algumas das presenças confirmadas, já lá estão..



Não esqueça, dia 21 entre as 10h e as 18h na Av. Luisa Todi em Setubal...




 

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

" Ciência da Treta"

Finalista do Prémio Para o Melhor Livro de Ciência de 2008 da Royal Society, "Ciência da Treta" mereçe, quanto a mim cinco estrelas.
Este livro escrito por Ben Goldacre, médico formado na Universidade de Oxford, e cronista do "The Guardian" escreve uma coluna intitulada " Bad Science".
Especializado na área da psiquiatria é ainda investigador do Instituto de Psiquíatria do King´s College, credenciais que lhe chegam para detectar aquilo a que chama de "Pseudo-ciência".
É o livro que ando a ler, é a sugestão desta semana e foi-me sugerido pelo Dr. Pedro Caldeira...


Ben Goldacre "desmonta a ciência obscura, que suporta alguns dos grandes testes farmacêuticos, a essência dos cosméticos milagrosos, e tantas outras maravilhas da ciência que nos são recelados todos os dias( ...) dissecando muita treta dá-nos as ferramentas para podermos detectar por nós mesmos, sem hesitações, a falsa ciência."


Aconselho vivamente aos pais, a lerem este livro, antes de comneçarem a fazer qualquer tipo de tratamento não convencional aos seus filhos...
 

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Tratar a Epilepsia com Cannabis...

O post de hoje é dedicado, à Epilepsia. Este blog, procura falar de Autismo, mas não só. Além disso, há muitas crianças com autismo que têm epilepsia associada, e é esse o caso da minha princesa.
O que vos vou falar hoje, não pretende ser interpretado como uma eventual solução, para essa situação, mas antes uma curiosidade.

Sabia que a Cannabis, já é utilizada para o tratamento das crises convulsivas? Sim é verdade, os utilizadores de Cannabis, já não são apenas aqueles jovens que procuram novas emoções, são também epilépticos, cujas crises convulsivas sejam de muito difícil tratamento. É lógico que o tratamento com esta substância, por enquanto é feito em muito poucos países, nomeadamente Canadá e Estados Unidos ( em alguns estados), mas já está a ser sobejamente estudado.
Na realidade, estima-se que cerca de 30% a 40% dos epilépticos não têm
um bom controle das convulsões com os remédios tradicionalmente utilizados e a resposta com a utilização de canábis  ( com um extracto)é positiva.
Os maiores problemas eram até há pouco tempo, os efeitos psicotrópicos, mas, ciêntistas israelitas já conseguiram chegar á planta de Canábis que não têm os efeitos negativos ( que tem enquanto droga).

Existem entre a 40 mil a 70 mil epilépticos em Portugal, o que será que aconteceria se este tratamento fosse utilizado em Portugal?

Nos Estados Unidos, Colorado, Charlotte Figi´s uma menina de 6 anos que sofre de Síndrome de Dravet, uma variante muito difícil de controlar, de epilepsia já utiliza este método no seu tratamento e em muito pouco tempo conseguiu diminuir drásticamente o número de crises, de cerca de 300 por semana passou a ter apenas uma.
Assista este vídeo, onde é contada a história de Charllote...


Há coisas fantásticas, não há?!




 

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Bye bye Agosto...

Oláaaaaa tudo bem? As férias foram boas???
Já estava com saudades de escrever! E tenho tanta coisa por contar, este mês de Agosto, excepto meia duzia de dias, correu muito bem! Pois é, a Bruna esteve todo o mês em casa de férias, mas correu tudo muito bem.
Na primeira quinzena fomos à piscina várias vezes, porque estar de férias e ficar em casa, não faz mesmo o género da Bruna. Apesar de ter o trampolim e a piscina no quintal, acho que já perdeu a graça. Enquanto foi novidade, era piscina todo o dia, agora serve mesmo para ir lá pôr o pé calçada e tudo, mas como está muito calor o calçado seca num instante, exceptuando umas sandálias que estreou no dia 11 e que já foram para o balde do lixo.
No dia 11, tenho que vos contar, a Bruna foi batizada, eu estava com receio do comportamento dela na igreja, mas por algum motivo ( deve ter sido obra e graça do espírito santo), portou-se à altura. Fartou-se de rir quando o padre lhe molhou a cabeça com a água benta, " Em Nome do Pai do Filho e do Espírito Santo". Aqui para nós o mais engraçado ( sem graça nenhuma) foi o padre me ter perguntado se eu a ensinava a rezar e se ela ia frequentar a catequese, bom eu respondi-lhe que isso era muito bom sinal e que até gostava que ela fosse para os escuteiros, na realidade e quem nos conheçe sabe, que não é o momento. O vestido era bem bonito, mas lógico a coisa não podia correr assim tão bem, levei-a à casa de banho e ela não fez nada e em menos de um quarto de hora já estava a fazer xixi no vestido... bom todos os males fossem esse, não é?!
Uma pequena observação, a Dara que é filha de uma amiga minha, nesse dia fez uma super birra e enquanto a Dara chorava, a Bruna ria à gargalhada, acho que não percebeu muito bem que a miuda estava triste...
O que tenho mais para vos contar? Bom a Bruna foi ao pedopsiquiatra no início do mês e acordei com o Dr. começar a diminuir-lhe a dose de Bunil, tal como eu pretendia, falei-lhe do tratamento biomédico e ele mandou-me ler um livro, que é o que estou a ler neste momento ( é a sugestão para sexta feira, está curioso?), continuo a dar-lhe medicação, mas muito menos. E um aparte, sem a autorização do médico, também lhe retirei a Ritalina, que pareçia estar a agitar muito a Bruna, e em termos de atenção não noto piorias... quando ele souber é capaz de relhar comigo, mas enfim, cá estaremos...
Estive de férias, mas continuei a vasculhar tudo na internet, sobre autismo, nos próximos posts vou escrever sobre o que andei a estudar... umas das informações que recolhi, faz parte, quase, do mundo da crendiçe, mas a mim deu-me mesmo que pensar.
Faz hoje 15 dias que a Bruna estava que não se podia aturar. Ia começar no ATL de férias e quando eu cheguei ao almoço a casa, não se podia, começei a dizer-lhe que ia para a escola brincar com os meninos, sabem qual foi a reacção dela? Bom desatou a dar-me pontapés e puxar-me o cabelo. Notóriamente, não queria ir para a escola. Tive que agarrar no telefone e fingir que estava a telefonar para a escola " não, não a Bruna hoje não vai à escola, não não ela não vai, está muito chateada" pareçeu instântaneo, começou logo a portar-se bem. Saí com ela de casa, mas quando voltei continuou as birras e o sono e a choramingar. Quando chegou à noite, lembrei-me que tinha lido qualquer coisa sobre a alteração de comportamento em miudos autistas, em noites de lua cheia, fui ao quintal ver, qual não é o meu espanto que estava mesmo noite de lua cheia.
Para não pensarem que estou a inventar aqui fica um link, interessante sobre o assunto:
http://perfectlyquirky.wordpress.com/2013/03/29/full-moon-and-autism/
Se observarem alterações nos vossos meninos, informem-me que fiquei mesmo muito curiosa. Se calhar até é verdade, se dizem que a lua influência as marés, as culturas, até acelera os partos ( ou pelo menos dizem)...
Como vos falei do ATL, quem me conheçe sabe, que tenho tido graves problemas para trabalhar, porque os horários da Bruna são bastante condicionantes. Felizmente encontrei este ATL, onde ela vai ficar a seguir ao horário normal da escola, até à hora de eu chegar. (Já posso trabalhar a sério, iuppppi, sinto que tenho a minha vida a entrar nos eixos. ) Já lá esteve nos últimos 15 dias de Agosto e vai estar ao final da tarde durante o ano lectivo. Pareçe que se está a dar bem com alguns miudos, ela fala muito numa Catarina e quando chega à escola a miuda dá-lhe abraços. E o Diogo, diz que é o guardião, anda sempre atrás dela e empurra-a no baloiço. Muito bom!
Tirando uns dias mais cansativos em que me apeteçe fugir, para uma ilha deserta, correu tudo muito bem...
Ah e tenho mais uma novidade, das boas, lá para o Natal conto-vos ;)
Queria ainda agradeçer as visitas, que me fizeram, apesar de não vos ter dado notícias...